Publicado em 20 de março de 2017 às 3:53 AM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
(739) (50) (0)
Código de barras QR
Denunciar
Incorporar

CONTEÚDO(S): Filosofia como Interpretação do Mundo e Transformação da Realidade. OBJETIVO(S): Compreender que a atitude filosófica não está limitada a uma discussão conceitual, mas, de muitos modos encontra-se inserida no estranhamento da prática cotidiana dos indivíduos em sua sociedade. A análise histórico-materialista de Marx descobre o sentido ou a lógica profunda da evolução histórica das sociedades e dos homens: a história dos homens tem sido, praticamente desde o início, a história da luta de classes, uma série de conflitos determinados por interesses econômicos antagônicos. Ela é o produto deste confronto entre classes. Mesmo para quem não tenha lido uma única linha de Marx, o seu nome aparece ligado a uma ideia que provocou aceso debate no século passado e mais do que isso, lutas, revoluções, medos e paixões: o Comunismo. “Proletários de todos os países, uni-vos!». Esta palavra de ordem, lançada por Karl Marx em 1848, no final do Manifesto do Partido Comunista, tornou-se a palavra de ordem das Internacionais. O Marxismo é um dos movimentos filosóficos mais importantes da história da humanidade. No final do século XX, assistimos à queda de regimes ditos comunistas, e devemos recordar que, durante grande parte desse século, aproximadamente metade da humanidade viveu sob regimes políticos inspirados no pensamento de Marx (ou que, pelo menos, assim se consideravam a si próprios).

  • Ensino Médio
  • Filosofia
  • Humanas
  • 3ª Série

Margareth Rodrigues Coelho Vaz, Antônio César Menezes

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica

14 de março de 2017

Atribuição-SemDerivações-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)